Domingo, 24 de Outubro de 2010

Capítulo 2 – (Im) perfeito ser de Forks

Olá :) Queremos agradecer a todos os bloguistas que comentaram o capítulo anterior. As vossas palavras são uma grande fonte de inspiração, acreditem.

Este capítulo é da ~ c.cullen, ou cátia, como preferirem.

Beijinhos


 

Thomas Anthony Williams:


Thomas? Thomas Anthony Williams, prazer. Estou na perfeição dos meus 18 anos. Alto, moreno, musculado, de cabelos pretos e olhos verdes. Sou a perdição de cerca de 500 alunas existentes na minúscula escola de Forks, estado de Washington. Enquanto passo pelo longo corredor que me dá acesso à sala de aula de Biologia, vou contado as raparigas com as quais já me envolvi. Cerca de metade das existentes aqui. Sinto-me observado por elas, como se fosse a luz que lhes ilumina o dia. Todas por aqui pensam que, num dia sombrio, vou-lhes aparecer na casa delas, montado num belo cavalo branco e a pedir-lhes a mão em namoro. Sonhos infantis. Nunca quis dar esperança a nenhuma delas e deixei isso bem claro. Coloco a mão na maçaneta da porta e entro tranquilamente na sala, deixando o meu charme e o meu perfume adocicado espalhar-se pela mesma. Cumprimento os meus amigos com toques de mão e sorrisos e sento-me, colocando um pé na mesa à frente, ao lado da minha estranha colega Lylith. A miúda até nem é mal parecida, confesso. O seu cabelo ruivo, que lhe passa ligeiramente pelos ombros, é de uma beleza singular. Olhos azuis, brilhantes. Ligeiramente pálida, ou seja, habitante típica de Forks. Super discreta e tímida. Não é o tipo de rapariga que me chama a atenção, prefiro-as atrevidas e sensuais. Eu tenho o pressentimento que ela até engraça comigo, mas não se quer misturar com a minha popularidade. Ignoro-a. Apenas é a minha companheira de secretária, por interesse. Ela é bastante inteligente e aplicada e quando fazemos os trabalhos de pares nas aulas, aproveito-me dela para tirar boas notas. É o preço que ela têm de pagar por não querer ser popular. Já lhe deixei bem claro que podia transformá-la na rapariga mais desejada pelos corredores desta escola fria, mas obti como resposta um estalo. Eu sei que a estranha miúda tem um fascínio por mim, pois o seu rosto transmite leves sinais de amor e paixão, afeiçoamento total a mim. Eu sei que sou deveras irresistível. Os seus olhos eram o espelho da alma dela, dos seus sentimentos. Eles ofuscavam qualquer um quando ela me observava.

Quando toca a campainha para dar fim à aborrecida aula de Inglês, Lilith saí disparada da sala, obviamente aborrecida por ter-me ajudado a fazer mais um trabalho, ao qual sei que vou tirar nota máxima. Os seus sapatos até arranham fortemente o chão velho de madeira, tamanha a velocidade com que ela sai da minha beira.


***


A partir daquela zanga de Lilith, passaram três dias. Os cartazes «Viste esta jovem?», juntamente com a sua fotografia, são a nova decoração da cidade de Forks. Desaparecida. A última vez que foi avistada foi a entrar na densa floresta que rodeia esta pequena cidade, imensamente fria. O único objecto encontrado dela foi a bela pulseira que ela sempre usava no pulso direito, de couro, com as iniciais do nome do pai dela, recentemente falecido. De resto, mais nada de sabe dela. Mas a vida continua. Pelos menos, a minha continua e cada vez melhor. Mais raparigas adicionadas à minha lista de conquistas e outras na minha agenda, em lista de espera. O meu charme nunca vai terminar, porque eu sou o Thomas Anthony Williams. E basta. Adeus jovem Lilith.

publicado por Isabela às 23:18
editado por marianne goulart em 25/10/2010 às 10:14
link | comentar |
8 comentários:
De jade e. wood a 24 de Outubro de 2010 às 23:28
adorei amor, escreves tão bem. quero mais ♥
De Ana a 25 de Outubro de 2010 às 00:51
Ahah!
Que rapazito mais convencido! XD Há com cada um...

A sério, podes contar comigo como uma leitora regular, porque estou a ADORAR! :D


Beijos GRANDES,
Ana
De "ⒸⒶⓉ.00" a 25 de Outubro de 2010 às 19:06
Adorei...ESTA MARAVILHOSO

Fico a espera do proximo bjos
De Minie_Alice a 25 de Outubro de 2010 às 20:36
Li os dois capítulos de empreitada...
E adorei!!!!!
Quero saber o que se passou com a Lilith.

Bjs, Minie_Alice^^
De Mag a 25 de Outubro de 2010 às 20:57
*-*
A sério...Vocês são geniais!
Amei, Cátia! Está tão bonitooooo!
Estou tão anciosa por mais!
Até vou passar a roer as unhas. xD

Este Thomas é um bocado convencido. E detesto por ele se aproveitar da Lilith.
Mas mesmo detestando-o a escrita está fantástica. =D
Beijocaaaaaas!
De summer wright a 26 de Outubro de 2010 às 15:47
Parvalhão!
De Drica a 26 de Outubro de 2010 às 21:35
Ai meu deus este rapaz é mesmo convencido...
Espero bem que ele apanhe uma lição....
Adorei....

:)

Beijos
De claudia a 1 de Dezembro de 2010 às 21:47
Coitada da Lilith....

Adorei :)

Bjs***

Comentar post